fbpx
Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Quem aprecia a arte de um bom chimarrão leva o seu preparo a sério, quase como um ritual diário. Considerando as diversas culturas que se misturaram com a gaúcha, decidimos falar um pouco sobre um componente importante para a apreciação da bebida, a cuia. 
No passado, os nativos disseminadores do chimarrão no país, utilizavam materiais como chifre de gado, madeira e bambu taquara para servir como cuia. Hoje esse recipiente típico onde preparamos e servimos nosso querido chimarrão é encontrado em diversos materiais e tem os mais variados formatos, estes que no caso possuem certa influência sobre a apreciação e preparo da bebida. Por isso, entenda mais sobre os tipos de cuia e saiba como escolher a melhor para você.

Cuia gaúcha

Perfeita para quem curte compartilhar a bebida nas tradicionais rodas de chimarrão ou quem gosta de ingerir grande quantidade da bebida. É uma cuia com afunilamento próximo às extremidades (pescoço), e com o bocal largo. Esse formato é ideal também para o preparo de mate feito a base de ervas mais finas, pois o bocal largo permite boa sustentação da erva, evitando que ela tape por completo a extremidade da cuia.

Cuia coquinho

De formato arredondado, popular entre os apreciadores de mate uruguaio, este, com erva mais grossa (menos processada). Essa cuia possui formato de coco e costuma ter manuseio bem prático. São menores que as tradicionais cuias gaúchas, ótimas para um consumo rápido da bebida, impedindo que ela esfrie dentro do recipiente.O bocal da cuia coquinho costuma ser arredondado e voltado para o interior do recipiente. Sua base é levemente achatada o que permite a acomodação fácil da cuia em cima de qualquer superfície, sem risco de queda.

Cuia argentina

Muito parecida com a cuia coquinho, esse tipo lembra a estrutura de um copo, porém, com o bocal largo e trabalhado em alumínio. Enquanto o argentino põe a erva na cuia inteira, nós, gaúchos, fazemos aquele montinho de lado, com espaço para a água. 

Cuia de metal

De alumínio ou aço inox, ela tem formato de copo. O grande apelo aqui é a capacidade de manter a temperatura, ao mesmo tempo que não transfere calor excessivo da bebida para as mãos. Outro benefício está na limpeza da cuia, o metal não mofa diferente de cuias de madeira e porongo quando não são limpas logo após o uso.

Cuia de cerâmica

Dos mais variados formatos, com um preço mais em conta, também possuem facilidade quanto à sua higienização, porém transferem bastante calor da bebida para as mãos.

Qual é o melhor tipo de cuia?

Não existe resposta certa aqui e nem padrões a seguir. O importante é que você escolha de acordo com o seu gosto. Se serve de dica, pense na sua comodidade na hora da apreciação e preparo da bebida.
Indiferente da cuia, algo que fará toda a diferença é a erva mate, essa sim transforma sua bebida num chimarrão de verdade. Assim como você pode escolher os mais variados tipos de cuias pro seu chimarrão, experimente qual o tipo de erva mate Santiago você mais gosta. Dê uma conferida nas opções e aprecie seu momento com Erva mate Santiago.

What's your reaction?
0Smile0Lol0Wow0Love0Sad0Angry