fbpx
Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Quer seja para um mate solito, em parceria ou em roda, o momento pede erva-mate, água quente, bomba e uma cuia para o chimarrão. 

Matear é muito mais que uma tradição, é um momento sagrado e a cuia pode ser comparada a um cálice bento que exige cuidados na escolha, na preservação e respeito ao ser passada.

Ela existe em vários tipos e tamanhos e há gerações é um utensílio prioritário nas casas dos apaixonados por mate.

É também figura típica para simbolizar o gaúcho.  

Nesse post você vai saber como escolher a cuia para o seu chima. Continue lendo!

Como escolher a cuia para o chimarrão?

A escolha de uma cuia para o Chimarrão é algo muito pessoal e tem todo um significado.

Para escolhê-la é preciso observar:

O material de que ela é feita

Os índios que habitavam nossas terras antes da colonização já usavam as folhas da erva-mate em infusões para beber, mas foram os Jesuítas que disseminaram esse costume que hoje é símbolo de hospitalidade.

O chá era servido em um copo feito de porongo ou cabaça, um fruto nativo de terras tropicais.

O porongo utilizado pelos índios ainda está presente em muitas casas dos apaixonados pelo chima, sendo o modelo mais comum de cuia para o chimarrão. 

Ela exige um certo cuidado na sua manutenção para não mofar, mas, quem adora matear afirma que depois de curada ela dá um sabor todo especial ao mate. 

É possível que a cuia seja produzida ainda em:

  • madeira,
  • plástico,
  • vidro,
  • cerâmica,
  • aço inox. 

A cerâmica e o aço inox são excelentes opções para quem deseja viajar sem abrir mão do seu chima diário, pois elas não exigem cuidados especiais para não escurecer ou mofar.

Tamanho da cuia para o chimarrão

O tamanho é um detalhe bem importante na hora de escolher a cuia para o chimarrão. E deve ser adequado ao volume que se deseja. 

Para os que adoram um mate solito, ela pode ser menor. Já para quem gosta de um mate mais longo ou chama os companheiros para formar uma roda, seu volume precisa ser adequado de acordo com o uso. 

Geralmente elas são classificadas em:

  • pequena,
  • média,
  • grande.

Cuidado com a espessura

Se você optar por comprar uma cuia de porongo é importante observar que por se tratar de um fruto, não existe padronização no tamanho, pois uns frutos são maiores e mais espessos que outros. Isso pode comprometer a quantidade do volume de água que cabe em seu interior. 

Uma boa dica é usar seus dedos para tatear o interior da cuia na hora de comprar, dessa forma se terá noção de quanta água ela comporta.

É importante dizer que quanto maior a espessura, menos quente a parte exterior fica e mais confortável será para pegá-la e degustar a erva.

Detalhes importantes no momento de escolher sua cuia 

O mercado disponibiliza cuias de vários modelos e cabe a você adequá-los às suas necessidades e preferências, começando pela cor que mais lhe agrada.

Um detalhe que não pode ser deixado de lado é em relação ao seu suporte de sustentação. 

Ele precisa ter firmeza para não pender e derrubar o líquido independentemente do material que a cuia é confeccionada. 

Muitas delas não têm base inferior adequada e os suportes de metal dão um charme extra além de garantir a firmeza. Outras já são confeccionadas com acabamentos específicos para esse fim. 

Outro detalhe importante é o encaixe da cuia na mão. Se ela for muito aberta ou muito fechada pode acabar prejudicando o manuseio na roda. 

Agora que você sabe como escolher uma cuia para o chimarrão, na hora de comprar sua erva-mate não esqueça da qualidade e sabor inconfundível da Erva Mate Santiago!

What's your reaction?
0Smile0Lol0Wow0Love0Sad0Angry