fbpx
Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Apreciadores do bom e velho chimarrão ou do tereré sabem identificar a qualidade e o sabor da erva-mate que consomem.

Ela é uma planta nativa da América do Sul sendo considerada por nutricionistas como um alimento quase que completo pelos benefícios que promove ao organismo. 

Em sua composição contém elementos que contribuem para:

  • o emagrecimento, 
  • redução do colesterol ruim e aumento do bom,
  • diminuir a glicose,
  • ajudar na digestão,
  • limpar a pele,
  • estimular a função cerebral,
  • auxiliar no sistema cardiovascular e respiratório,
  • melhorar a circulação sanguínea.

Além dos benefícios, tem um sabor único caracterizado por um delicioso e “doce” amargo que cada vez mais atrai fãs e apreciadores do chimarrão, tereré ou chá-mate. 

No entanto, para garantir a qualidade e o diferencial do sabor existem pequenos e valiosos detalhes que devem ser observados. Saiba quais são eles lendo nosso post. 

Conheça os fatores que influenciam no sabor da erva-mate

Existe um conjunto de procedimentos que começam na plantação e se estende desde a colheita até os processos de transformação da matéria-prima que chega até você. 

Esses fatores são:

Preparação do solo

A qualidade do solo influencia na evolução da planta. 

Por isso, a escolha do local apropriado e a preparação para o recebimento das mudas é essencial para garantir árvores e folhas saudáveis e de qualidade. 

Sombreamento 

A erva-mate é sensível à luz solar e, por isso, exige técnica e conhecimento na hora do plantio.

Para manter o sabor das folhas o ideal é que as árvores sejam plantadas em meio a florestas fazendo com que elas recebem a luz solar adequadamente sendo protegidas pelo sombreamento. 

Colheita na hora certa

A árvore pode chegar até 15 metros de altura e as podas são essenciais para garantir o sabor da erva-mate.

Após o plantio, o ideal é esperar dois anos para a primeira poda. 

Depois o ideal é esperar sempre dois anos para proceder com as seguintes. 

Nesse intervalo os galhos podados geralmente estão com um metro e meio, o tamanho ideal para serem colhidos. 

Esse procedimento facilita a colheita de folhas mais jovens, que são consideradas nobres e promovem melhor sabor. 

Durante a poda é orientado deixar no mínimo 30% das folhas na árvore. Isso possibilita o brotamento de novos galhos. 

Cuidados após a poda

No ato da poda os galhos cortados não devem ter contato com o solo. 

Eles precisam ser protegidos em lonas ou outro material adequado e serem retirados do local da plantação o mais breve possível. 

Ao organizar os feixes que serão encaminhados para a indústria é fundamental que sejam eliminados todos os ramos doentes ou que contenham impurezas. 

Todo esse procedimento garante a qualidade do sabor da erva-mate.

Na indústria

Ao chegar na indústria ela vai diretamente para o sapeco. 

Para não influenciar no sabor da erva-mate esse choque térmico deve ser na temperatura adequada e em um curto espaço de tempo.

Logo após o sapeco ela passa pela secagem, um processo mais longo e detalhado que auxilia na preservação da coloração, textura, densidade e porosidade da planta. 

Depois é o momento dela passar por um filtro para então ir à moagem e receber o empacotamento que se trata de um fator determinante para fazer com que todo o aroma e o sabor preservados chegue até o consumidor. 

O sabor da erva mate também depende da forma em que ela é armazenada.


Agora que você sabe quais são os fatores que influenciam no sabor da erva-mate, acesse nosso site e conheça os produtos da Erva Mate Santiago e chame os amigos para matear.

What's your reaction?
0Smile0Lol0Wow0Love0Sad0Angry

Aviso!

Estaremos em férias coletivas
entre os dias 11 e 22 de Fevereiro.

Informamos que dentro deste período as entregas estarão com um prazo estendido.